Certamente, você já deve ter visto o rosto de Uncle Ben impresso em pacotes de arroz e em rótulos de potes de molhos vendidos em supermercados. E já deve ter ouvido falarem rapidamente de Uncle Sam (Tio Sam) na Internet, certo? Chegou a hora, então, de você conhecer melhor essas duas personagens e, de quebra, conhecer mais outros três tios que fazem parte da cultura americana: Uncle Tom, Aunt Jemima e Uncle Remus. Follow me.


Uncle Ben, o serviçal que virou presidente

Uncle Ben (Tio Ben) é bem conhecido nos EUA e no Brasil. O rosto dele é visto em pacotes de arroz e molhos. Dizem, nos corredores dos supermercados, que Uncle Ben é só um serviçal anônimo, usando gravata borboleta. Outros, porém, comentam que ele é Frank Brown, um maitre de hotel em Chicago.

Mars e Masterfoods, as proprietárias da marca, sustentam que Uncle Ben foi apenas um rizicultor no Texas, conhecido pela qualidade de seu arroz. O empresário Gordon L. Harwell, fornecedor de arroz para as Forças Armadas durante a Segunda Guerra Mundial, escolheu o nome de Uncle Ben como forma de promover o arroz entre o público em geral. Em março de 2007, após 61 anos, a Mars promoveu Uncle Ben a “presidente do conselho”, a fim de afastar a marca de sua iconografia estereotipada de empregado doméstico.

uncle ben, tio ben, ícone da cultura americana, estados unidos

Uncle Ben is a funny bald man.
Tio Ben é um careca engraçado.


Uncle Sam, o funcionário público padrão

O tio norte-americano mais famoso é Uncle Sam (Tio Sam), que personifica o povo ou o governo americanos. Tio Sam sempre aparece em público, vestindo roupas nas cores da bandeira americana. O termo Uncle Sam apareceu pela primeira em 1816, na obra The Adventures of Uncle Sam in Search After His Lost Honor, assinada por Frederick Augustus Fidfaddy. A personificação feminina do governo estadunidense é a Columbia.

uncle sam, tio sam, ícone dos estados unidos

Uncle Sam is being strict.
Tio Sam está sendo severo.


Uncle Tom, o negro adulador dos brancos

Uncle Tom (Tio Tom) é um termo que designa homem negro que aceita os valores do homem branco de forma passiva, respeitosa e amigável. Esse personagem surgiu na obra Uncle Tom’s Cabin de Harriet Beecher Stowe, publicada em 1852.

Entre 1969 e 1970, a Rede Globo exibiu, às 19h, a novela A Cabana de Pai Tomás, baseada nessa obra. Na época, o ator branco Sérgio Cardoso usou a técnica blackface (pintou o rosto de preto), para fazer o papel de Uncle Tom. O jornalista Plínio Marcos liderou campanha no Jornal Última Hora, repudiando esse fato. Para o jornalista, o ator negro Milton Gonçalves é quem deveria ter feito o papel.

Do substantivo Uncle Tom vem o verbo to uncle tom, que significa comportar-se como Uncle Tom (ser subserviente ou negativamente cooperativo com as autoridades) como em He uncle tommed (Ele foi subserviente).

uncle tom, tio tom, pai tomás, uncle toms cabin

The Uncle Tom’s cabin is always packed.
A cabana de Tio Tom está sempre lotada.


Aunt Jemima, a negra bajuladora dos brancos

A versão feminina de Uncle Tom é Aunt Jemima (Tia Jemima), gíria ofensiva que representa a mulher negra subserviente e protetora dos interesses dos brancos como em Condoleeza Rice is an Aunt Jemima (Condoleeza Rice é subserviente aos interesses dos brancos). Nos Estados Unidos, existe uma farinha de panqueca cuja marca fantasia é Aunt Jemima.

aunt jemima, tia jemima, estados unidos, símbolo, ícone, figura

Aunt Jemima is always smiling.
Tia Jemima está sempre sorrindo.


Uncle Remus, o tio contador de histórias

Uncle Remus (Tio Remus) é um personagem de ficção que narra contos do folclore sulista afro-americano, adaptados e compilados pelo jornalista Joel Chandler Harris, em sete livros. Em 1946, Walt Disney lançou o filme Song of the South (A Canção do Sul), que contava a história de um garoto que foi morar com os avós depois da morte dos pais. No local, o garoto só conseguia achar alegria nas historias contadas por Tio Remus. O filme fez muito sucesso porque, entre outras coisas, mesclava pessoas com desenhos animados. Fonte: Wikipedia

uncle remus, contador de história, tio remus, estados unidos

Uncle Remus told me several stories.
Tio Remus contou-me diversas histórias.

Leia também:
Inglês na América: chegada do idioma ao Novo Mundo
Inglês na América: ampliação e manutenção do idioma no Novo Mundo
Inglês na América: contribuição vocabular de antigas potências europeias

Como agradecer ao Inglês no Supermercado porque ele existe? Adicione um link para esta página ou clique nos ícones abaixo e divulgue o blog e tudo que você sabe sobre Uncle Ben, Uncle Sam, Uncle Tom, Aunt Jemima e Uncle Remus em inglês no Twitter, Facebook, emails etc. Aposto que seus amigos vão gostar bastante das dicas de inglês desse blog.

O que você achou desse texto?