Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado

Share Button

Se você circular no supermercado, verá que há produtos que têm nome de palavrão ou cujos nomes podem ser usados como palavrão. Por isso, resolvi criar a Seção de Palavrão. Nessa seção, você aprenderá palavrões ingleses e portugueses. Recomendo que não os use em sua linguagem, mas aprenda-os para entender quando eles forem usados contra você. Se não suporta esse assunto, sugiro que leia, por exemplo, nosso vocabulário relativo às religiões porque abaixo emprego palavras de baixo calão.


O que é Palavrão?

1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado
Vinho Tinto Português Periquita
www.jmf.pt

Palavra grosseira e/ou obscena é chamada de palavrão pelo povão. No meio acadêmico, os palavrões são chamados de tabuísmos que, segundo Houaiss, significa “palavra, locução ou acepção tabus, consideradas chulas, grosseiras ou ofensivas demais na maioria dos contextos.

Alguns palavrões se referem ao metabolismo (cagar, mijar, merda); aos órgãos e funções sexuais (caralho, pica, boceta, vulva, colhão, cona, foder, pívia, crica, periquita, pachoucho, etc.); aos disfemismos pesados (puta, veado, cabrão, paneleiro); e às expressões tabuizadas (puta que pariu), etc. Fonte: Dicionário Eletrônico Houaiss, 2001


Características do Palavrão

1 – Validade
Tais como produtos de supermercado, os palavrões têm prazo de validade. O que é palavrão hoje pode deixar de sê-lo no futuro. E o que não é palavrão agora pode se tornar palavrão amanhã.

A palavra coitado, por exemplo, é ouvida e falada abertamente em público. Mas houve um tempo em que coitado significou pessoa que sofreu coito, violência sexual. Coitadinha.

Nas caravelas, o comandante mandava os marujos para o caralho. Eles então subiam o mastro e entravam no caralho, um tipo de cesto. Hoje, vá para o caralho é expressão ofensiva.

No passado, diacho, vá para o inferno ou desgraçado eram ofensivos demais, principalmente na época em que a Igreja manobrava fortemente a vida das pessoas.

No século XX, a palavra pentelho significava pêlo pubiano e não era ouvida abertamente em público. No século XXI, o apresentador de televisão Faustão chama as crianças de pentelho, em rede nacional, para sugerir que elas aborrecem.

Em versículos bíblicos ingleses antigos, gay significa alegre. Atualmente, fora do livro sagrado, gay passou a significar homossexual. Fonte: The Free Dictionary

1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado

Guara Gay
www.guaravita.com.br

2 – Regionalismo
Tais como mercadorias, certos palavrões só podem ser encontrados em determinadas regiões. Em Portugal, por exemplo, os meninos são chamadas de puto. No Brasil, puto significa homossexual. Em Lisboa, as moças são chamadas de rapariga. No Rio de Janeiro, rapariga significa prostituta. Em Portugal, bicha pode significar fila, homossexual masculino ou órgão sexual feminino. No Brasil, bicha é homossexual. No norte e nordeste brasileiro, periquita significa vulva; em Portugal, periquita é nome de vinho tinto.

3 – Nebulosidade
Tais como mercadorias que podem servir a receitas doces e salgadas, como o ovo, por exemplo, há palavras que, dependendo do contexto, podem parecer ou não um palavrão, como os verbos dar, comer, meter, os substantivos pau, buraco, ovo e o adjetivo devassa.

Um produto de nome nebuloso é a cerveja Caracu. A maioria dos brasileiros pensam logo em palavrão. Inventaram até o acordo “caracu” onde uma pessoa entra com a cara e a outra com… esquece. Caracu, no entanto, significa tutano ou osso com tutano, no sul do Brasil.

1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado

Cerveja Caracu – Cara de quê?
www.ambev.com.br

Outra cerveja de nome nebuloso é a Devassa. De acordo com os dicionários, devassa significa não somente inquirição ou sindicância mas também libertina, que é o mesmo que depravada. Fontes: Dicionário Priberam e Dicionário Michaelis

1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado

Cervejas Devassas
www.devassa.com.br

4 – Concretização
Os palavrões não dependem só de letras para se realizarem. Eles se “concretizam” também por meio de sons, imagens e gesticulação.

Você já deve ter visto que a televisão se vale de sons distorcidos ou acelerados para abafarem ou representarem palavrões em entrevistas espontâneas. Imagens de faixas pretas cobrem seios e genitálias para indicar que há obscenidades ali. Em gibis, imagens de cobras, jogo da velha, interrogação, x, etc. também se prestam para indicar xingamentos e palavrões. Certos gestos feitos com dedos e mão expressam xingamento ou palavrão, como por exemplo, fechar uma mão em forma de copo e com a outra bater em cima para indicar que a pessoa está lascada.


Palavrões em Inglês: Taboo Words e Swearwords

Em inglês, os tabuísmos são chamados de taboo words ou swearwords. Há três grupos de palavrões:

a) Palavras relacionados ao Cristianismo como Christ (Cristo) e God (Deus) não devem ser proferidas fora do contexto religioso. Você pode deixar religiosos chocados se usar esses nomes em vão.

b) Palavras relacionadas a sexo e a partes do corpo como fuck (foda) e balls (bolas) podem chocar algumas pessoas. Elas são evitadas em discursos formais, em dicionários escolares, etc. No lugar de fuck e balls são usadas expressões mais brandas como make love (fazer amor) ou have sexual intercourse (fazer sexo) e testicles (testículos).

c) Palavras associadas a secreções corporais também são consideradas sujas ou chocantes, como piss (mijar) e shit (cagar, merda). Elas são substituídas por palavras mais educadas como urinate (urinar) e defecate (defecar) ou expressões mais brandas como go to the lavatory (ir ao banheiro) ou wash one’s hand (lavar a mão).

Por serem ofensivos, os palavrões são empregados em situações nas quais as pessoas querem exprimir emoções intensas por meio de palavras “fortes”. Isso é chamado de swearing (xingamento, blasfêmia). No xingamento, os palavrões geralmente mudam de significado. Por exemplo: fuck off e piss off não têm nada a ver com sexo ou urinar. Essas expressões rudes significam cai fora, vá embora.

1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado

Beer Piss – Cerveja Urina?


“Taboo Words” mais comuns


Religião

Damn 1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado – Dane-se. Vá para o inferno. (e.g. damn him, he should have been careful – dane-se ele, ele deveria ter sido mais cuidadoso).
Blast 1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado (brit.) – Dane-se.
Hell 1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado – Inferno.
God, Jesus, Christ – Deus, Jesus, Cristo (Não usar fora do contexto religioso)


Partes do Corpo

Arse 1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado – bunda, nádegas, ânus.
Ass 1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado – cu, ânus. (e.g. Get your ass over here – Tire seu cu daqui).
Asshole 1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado – cu, ânus; pessoa detestável, incompetente, estúpida; o pior lugar do mundo. (e.g. Asshole of the world – o cu do mundo). Fonte: Webster Dictionary
Balls 1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado (amer.) e Bollocks (brit.) – bolas, ovos, testículos
Cock 1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado , dick, prick – pau, rola, caralho, pinto, peru, pênis.
Tits 1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado – tetas, seios, mamas
Cunt 1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado , twat 1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado – buceta, xoxota, xereca, órgão sexual feminino

1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado

Nescau Ball – você disse “ball”?
www.nestle.com.br


Atividade sexual

Fuck 1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado – transar, fuder
Screw 1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado – foda, parceiro sexual. Fonte: Webster Dictionary
Eat me – cair de boca (fazer sexo oral)
Blow job – boquete (sexo oral). Fonte: Webster Dictionary
Wank 1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado – masturbar-se, tocar punheta
Jerk off (amer.) – masturbar-se. Fonte: Webster Dictionary
Bugger 1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado (brit.) – fazer sexo anal, gay. Fonte: Webster Dictionary
Come 1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado – gozar
Sod 1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado (brit.) – homossexual, (abreviação de sodomite 1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado (sodomita))
Bitch 1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado – cadela, quenga, prostituta, mulher imoral
Whore 1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado – puta, prostituta
Bastard 1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado – bastardo, filho ilegítimo; pessoa desagradável


Banheiro

Piss 1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado – mijo, mijar
Shit 1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado – merda, cagar
Crap 1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado – merda, cagar
Fart 1x1.trans Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado – peidar


“Swearwords” mais comuns

Fuck you, screw you – Foda-se
Son of a bitch – Filho da puta
What the hell do you think you’re doing? – Que merda você pensa que tá fazendo?
Put the fucking cat out! – Coloque a porra do gato pra fora!
– Can I have a word with you? – Fuck off! – Posso conversar com você? – Cai fora!


Cuidado: não use palavrão

Você deve ser cuidadoso no uso de palavrões e xingamentos por duas razões. Primeiramente, como estudante, você não sabe a força exata da expressão na língua estrangeira e que tipos de pessoas podem se chocar com suas palavras. Em segundo lugar, usar esse tipo de linguagem indica a que grupo social alguém pertence. Em geral, alguém fala palavrão diante de pessoas que ela conhece ou no grupo social a que pertence ou no grupo de mesma faixa etária (adolescentes evitam falar palavrões diante de adultos, e adultos evitam falar palavrões em frente de crianças). Um estrangeiro que usa palavrões passa a impressão que está querendo se inserir num grupo social a que ele não pertence.


Palavrão: remédio para dor física

“O palavrão ajuda a aliviar a dor porque, ao fazê-lo, você verbaliza uma emoção”, explica Ricardo Monezi, pesquisador do Instituto de Medicina Comportamental da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). “Enquanto você não ‘joga fora’ esse sentimento, a emoção enclausurada gera respostas hormonais que fazem com que você se sinta mal, pois o estímulo está batendo no cérebro e vai aumentando sua raiva. O grito coloca isso para fora”, complementa. Fonte: Veja.com


Cidades com nome de Palavrão

Os funcionários da cidade austríaca chamada “Fucking” (palavrão em inglês) estão instalando câmeras de segurança para pegar os turistas que roubam as placas com o nome da cidade.

A situação é a mesma pela qual passa a cidade chamada de “Wank” (palavrão em inglês). Para Juergen Stoll, que vive em Wank, os moradores de Fucking deveriam aproveitar a coincidência. Segundo ele, embora não signifique nada em alemão, o nome “Wank” virou uma mina de ouro para a cidade, pois ele atrai muitos visitantes da língua Inglesa.

Mas o prefeito de Fucking, Franz Meindl, se queixou das brincadeiras. “Nós não achamos isso engraçado. Só queremos ficar em paz. Nós não prejudicamos ninguém e só queremos viver em paz”, afirmou ele. Fonte: G1.com


O que é “Steak and Blowjob Day”?

Steak and Blowjob Day é um dia para homenagear os homens. Em 14 de março, mulheres e gays oferecem bifes e sexo oral a seus companheiros. Dizem que o Dia dos Namorados (Valentine’s Day) é um dia tipicamente para as mulheres, no qual elas recebem cartões, flores, jantares em restaurantes, doces ou outros presentes extravagantes. Os homens não querem nada disso; se contentam com um bife e um sexo oral, daí o nome Steak and Blowjob Day. Fonte: Urban Dictionary

Exemplo:
– Hey Bob, what’d Sandy get you for Steak and Blowjob Day?
(Ei Bob, o que Sandy preparou para você no Dia do Bife e Boquete?

– What do you think man, a big juicy steak and a big juicy blowjob!
(Que você acha, cara, um grande e suculento bife e um enorme e suculento boquete)

– Nice!
(Legal!)

Veja a peça teatral que mostra um rapaz se preparando para seu primeiro Steak and Blowjob Day, mas há uma confusão: a moça está pensando em outra data. Você consegue dizer em que ela está pensando?

Leia também
Algumas palavras inglesas encontradas nos rótulos de produtos vendidos no Brasil podem ser empregadas como palavrão pelos falantes da língua inglesa. Exemplos: decor, trink, omo, cottage, bummer, scooby, barney, chicken e quick

Como agradecer ao Inglês no Supermercado porque ele existe? Adicione o blog ao iGoogle. Adicione um link para esta página. Clique nos ícones abaixo e divulgue o blog e tudo que você sabe a respeito de palavrão ou taboo words no Twitter, Facebook, Orkut, emails, etc.

Este artigo foi postado em Dicas de Inglês e etiquetado vocabulário. Adicione aos favoritos o link permanente.

18 Respostas para Seção de Palavrão, Tabuísmos, Xingamentos, Taboo Words e Swearwords no Supermercado

  1. Daniel diz:

    Muito legal o post.
    Só duas correções:
    O verbo Gozar é “to cum” (com pronúncia igual a do verbo “to come”).
    E em português é MiJar e MiJo, não mixar e mixo. Mixar existe, mas com o X tendo som de KS e é o ato de fazer mixagem (relacionado a música).

  2. Fred diz:

    Daniel, acabei de fazer as correções conforme sua sugestão. Mixar —> Mijar

    Quanto a “to cum” é o seguinte:

    O verbo “gozar” é “come” mesmo. Sendo que, por questões de corruptela, escrevem “cum”. Essa corruptela ocorre, por exemplo, em “lite” (light), “nite” (night), etc. Mas o “correto” é “come”. Em sites eróticos é comum aparecer “cum” como você indica. Fonte: The Free Dictionary e Webster Dictionary

    O interessante é que a palavra “cum” equivale a nossa preposição “com”, como em “a kitchen-cum-dining room” (uma cozinha com sala de jantar) e “This is my bedroom-cum-study (Este é meu quarto com estúdio). Fonte: Cambridge Dictionary.

    Daniel, muito obrigado por sua visita e muito obrigado por ter ajudado a corrigir o erro.

    Volte mais vezes.

    Fred

  3. Gilson diz:

    Recentemente o presidente do Brasil (Lula) disse “merda” em um de seus discurços. Isso no brasil tem significado de palavrão mas é abtualmente usado por muitos e em muitos momentos. Outro dia converssando com um amigo ouvi-o dizendo (merda meu filho)ai ele me disse que essa palavra ou a pronúncia dessa palavra siguinifica boa sorte em frances. Procurei saber se tem esse significado mas não encontrei nada a respeito. será que vcs tem essa informação?
    Se tiverem, quizerem e puderem me informem pelo meu email ok.
    Abraços!

  4. Fred diz:

    Gilson,

    No teatro se diz ‘merda’ para desejar sorte. Faz parte da tradição também nunca agradecer. Ao ouvir ‘merda’, você responde ‘merda’, e assim vai. Teve início na França. Na Inglaterra se diz ‘break a leg’, quebre a perna.

    Conta a lenda que uma vez, um ator francês estava indo para o teatro, fazer a peça mais importante da vida dele. Ele estava supernervoso, os críticos mais importantes estariam lá. Só que, no caminho, tudo começou a dar errado. Ele teve que passar por um incêndio, errou o caminho, enfim, quase não chegou. Quando já estava na porta do teatro, ele pisou num cocô, para completar sua péssima situação! O surpreendente é que depois de tudo isso e de ter pisado na merda, foi a melhor apresentação que esse ator já fez.

    Fonte: Revista TPM

  5. cely diz:

    Pois é eu vim mas voce não estava…..
    Sou adulta sim .muito mais adulta do que gostaria de admitir kkkkkk
    Caracu é a raça do boi que ilustra o rótulo da cerveja?

  6. marco antonio china diz:

    fala, pessoal!!

    É isso mesmo Fred, gostei da explicação sobre o “merda” no mundo do teatro e a sua equivalência em inglês “break a leg” (que vi até em um High School musical… Eu já sabia disso, mas ao ver alguém explicar e dando a origem dos fatos, fica muito melhor!! MERDA pra nós!!

  7. Fred diz:

    Break a leg, Chinatown.

  8. Cate diz:

    heey, em Portugal não se chama puta a uma criança! puta tem o mesmo significado que no Brasil, prostituta.

    as crianças do sexo masculino são chamados putos, inclusive se estiver um grupo de crianças de amboas os sexos utiliza-se a expressão putos.

    “olha aqueles putos”

    mas se estiverem so crianças do sexo feminino utiliza-se expressoes como miudas, meninas.

    “olha aquelas miudas/meninas”

    E bichas em Portugal também se refere a pessoas homossexuais ;)

  9. Fred diz:

    Cate,

    fiz uma ligeira consulta no Priberam, dicionário lusitano e vi que você tem razão. Em Portugal, é o seguinte:

    Bicha – fila, homossexual, sexo masculino (em Calão) e sexo feminino (em Trás-os-Montes).

    Miúdo – criança, garoto, filho.

    Puto – criança, menino.

    Puta – prostituta, rameira, meretriz.

    Refiz o texto graças a sua ajuda. Obrigado.

    Fred

  10. Olá!
    Parabens pelo excelente site!

    Ja que pedem que os divulgue, ja deixei dicas la no meu blog que é apenas um guia de sites bons para estudar online e vcs ja estao incluidos porque sao otimos.

    Ainda estou aos poucos, conhecendo o conteudo daqui mas terminei de assinar o feed e sinto que postarei muitos de seus links, ja que permitem.

    Muito obrigada!

    God bless you!

    Hugs

  11. Fred diz:

    Lu Nogfer,

    muito obrigado pela visita e pelos elogios.

    Um obrigadão pela divulgação do IS em seu blog.

    Por falar em seu blog, notei que ele é rico em dicas interessantes e ferramentas bem úteis. Com certeza vou recorrer às suas orientações para aprimorar meu inglês.

    Igual a você, acredito que o aprendizado de idioma é uma tarefa para a vida toda.

    Abraço.

  12. Barril diz:

    Esse “Só queremos ficar sozinhos” do prefeito de Fucking poderia ser melhor traduzido como “só queremos ficar em paz”, não? Ficou muito ao pé da letra… (leave us alone)

  13. Fred diz:

    Barril,

    sua sugestão foi excelente. E a coloquei no artigo. Obrigado por sua ajuda.

  14. Mauro Q. diz:

    Fred,
    Mais uma vez entra em cena um trecho do livro ONCE UPON A TIME UM INGLÊS…, de John D. Godinho clube de autores e agbook falando apenas dos eufemismos. A história de cada palavrão, quando e como surgio, bem como seus significados, também é ali contada.
    “Em determinadas épocas, tanto nos Estados Unidos quanto na Inglaterra, e ainda hoje em certas regiões, era muito pior blasfemar do que usar linguagem chula. Resultado: a língua inglesa é rica em expressões inofensivas que tomam o lugar das blasfêmias e de palavrões, quando se está na presença daquela pessoa religiosa, recatada e sensível e a quem não queremos melindrar. Palavras como darn, drat, durn, gosh, good golly, goodness gracious, gee whiz,heck, jeepers, jeez, shucks, shoot e dezenas de outras, são substitutos delicados para termos como God, Jesus, damn, hell, shit, etc. O processo é interessante – a pessoa começa a dizer a palavra proibida, se pega no ato, hesita, e termina dizendo outra. Jee…pers, jee…z, em vez de Jesus; go…sh, go…lly, em vez de God; sh…ucks, sh…oot, no lugar de shit.”
    Mauro Q.

  15. Carlos diz:

    No nordeste não se fala periquita, mas priquita ou priquito.

  16. Wellington diz:

    Existem também palavrões como “monkey” que é macaco, mas pode se referir ao “documento masculino” e é usado na expressão que usamos também “wank the monkey” = espancar o macaco, “suck me” ou “blow me” para (chupa meu p@u) “kiss my ass” para (beija minha bund@). Existe também “fag” ou “faggot” para (vi@do) “hoe” para (v@di@). Agora parando com essa “durty mouth” existe a expressão “shut up” (cala a boca) que não é um palavrão, mas é interessante falar aqui, pois você pode usar pra realmente mandar alguém calar a boca ou o equivalente para nossa expressão “não diga” quando você tá surpreso com alguma novidade que alguém te disser.

  17. Wellington diz:

    Esqueci de dizer, meu amigo americano tá aprendendo a falar português eu fui ensinar o “coitado” a dizer “pão duro”, mas ele só consegue dizer “pau duro” e eu me mato de dar risada e ele fica sem entender o porquê.

  18. Marcos Castro diz:

    ri muito XD

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>